SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS PARA OS DESAFIOS DE GESTÃO URBANA NAS CIDADES OLÍMPICAS É TEMA DE CONFERÊNCIA DA CASA RIO

  • Português
  • English
  • Postado em 11 de agosto, 2016


    SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS PARA OS DESAFIOS DE GESTÃO URBANA NAS CIDADES OLÍMPICAS É TEMA DE CONFERÊNCIA DA CASA RIO

    Mais de 100 profissionais de empresas de tecnologia, cidades olímpicas e candidatas e do Comitê Olimpico Internacional (COI) se reuniram nessa quinta, 11 de agosto, no Espaço Rio, para a conferência de Smart Cities da Casa Rio, o maior programa de desenvolvimento de negócios no país.

    A primeira sessão da conferência começou com um keynote de Perry McDonald, Executivo de Analytics & Cognitive Computing da IBM, discutindo como a evolução constante da tecnologia influencia a vida das pessoas. Segundo McDonald, o advento do Big Data deu início à democratização da tecnologia da informação proporcionando uma aceleração exponencial no processo de pesquisa e desenvolvimento.

    O painel seguinte tratou das fronteiras propostas pelo setor de tecnologia para o desenvolvimento de gestão urbana. Os painelistas concordaram que  o dever das empresas de tecnologia, além de pesquisa e desenvolvimento, é disponibilizar plataformas para que as soluções criadas atinjam e beneficiem o maior número de pessoas. Também houve consenso na necessidade de alimentação do ecossistema por meio de colaborações das grandes empresas com startups e scaleups, incentivando o aumento de inteligência coletiva. Além de McDonald, participaram do painel Karin Breitman, VP e GM do centro de P&D da EMC no Brasil; Gilberto Peralta, presidente da GE Brasil; Laércio Albuquerque, presidente da Cisco Brasil; e Pablo Cerdeira, chefe do escritório de dados da Prefeitura do Rio.

    A segunda sessão foi iniciada por um keynote de Gilbert Felli, diretor executivo para Jogos Olímpicos do COI. Segundo Felli, os Jogos Olímpicos funcionam como uma vitrine para soluções de gestão urbana porque, além do legado de desenvolvimento para a cidade-sede, o evento em si cria desafios logísticos que demandam  soluções que podem ser aplicadas  em escala maior posteriormente.

    Após o keynote, Felli participou do segundo painel, sobre aplicações tecnológicas em cidades olímpicas, no qual representantes de cidades que já foram sede ou estão em processo de candidatura para os Jogos discutiram o papel de tecnologia em seu legado. Segundo os painelistas, soluções tecnológicas desenvolvidas para enfrentar os desafios de gestão urbana inerentes aos Jogos são um dos maiores legados olímpicos de uma cidade, apesar de não serem percebidos pela população. Além de Felli, participaram do painel Eduardo Lazzarotto, executivo de vendas internacionais da Legion Consulting (representante de Londres); Fabio Guadagnini, do comitê Roma 2024; Jean-François Martins, Vice-Prefeito e Secretário de Esportes & Turismo da cidade de Paris; e Leonardo Gryner, deputy CEO da Rio 2016.

    PROGRAMAÇÃO

    ABERTURA

    Gustavo Tutuca – Secretary of Technology, state of Rio de Janeiro

    SESSÃO 1: AS NOVAS FRONTEIRAS PROPOSTAS PELAS EMPRESAS DE TECNOLOGIA

    Moderador: Pablo Cerdeira – Chefe do Escritório de Dados da Prefeitura do Rio

    FUTURE FLASH

    Perry McDonald – Executivo de Analytics & Cognitive Computing, IBM Global

    PAINEL

    Karin Breitman – VP & GM Brazil R&D Center, EMC Brasil

    Gilberto Peralta – Presidente, GE Brasil

    Laércio Albuquerque – Presidente, Cisco Brasil

    SESSÃO 2: APLICANDO NOVAS TECNOLOGIAS EM CIDADES OLÍMPICAS

    Moderador: Leonardo Gryner – Deputy CEO, Rio 2016

    FUTURE FLASH

    Gilbert Felli – Diretor Executivo para Jogos Olímpicos, COI

    PAINEL

    Londres: Eduardo Lazzarotto – Executivo Vendas Internacionais, Legion Consulting

    Roma: Fabio Guadagnini – Comitê Roma 2024

    Paris: Jean-François Martins – Vice-Prefeito e Secretário de Esportes & Turismo, Cidade de Paris



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter