Seu Dinheiro

  • Português
  • English
  • Postado em 19 de janeiro, 2012


    COMMODITIES – A China dá calafrios

    Os preços das principais commodities industriais como cobre e minério de ferro caíram mais de 20% em 2011. O motivo foi a perspectiva de desaceleração da China. que importa boa parte da produção mundial desses produtos. Um relatório do banco Itaú indica que os preços das commodities diminuem, em média, 5.3% a cada 1% de contração do PIB chinês e um número considerável de analistas acredita que o país crescerá cerca de 8% neste ano, ante uma expansão estimada de 9,5% em 2011. Ou seja, a expectativa é que a queda dos preços continue. “Pode haver recuperação perto do fim do ano, mas dificilmente veremos os níveis altos do início de 2011″, diz Walter de Wet, estrategista de commodities do Standard Bank. Isso significa que este será um ano difícil para as produtoras brasileiras de commodities, especialmente a Vale, que tem a China como principal destino de suas vendas.

    AÇÕES

    PIOR QUE OS OUTROS

    As ações da Berkshire Hathaway, empresa de investimento do bilionário Warren Buffett, costumam ir melhor que a média da bolsa americana em momentos de estresse. Isso porque Buffett tem por hábito ser conservador e aplicar em negócios com forte geração de caixa, como as seguradoras. Mas em 2011 os papéis da Berkshire caíram 5%, enquanto o índice Dow Jones subiu 5,5%. Por trás disso estão, entre outros fatores, as perdas geradas para as seguradoras após o tsunami no Japão. A desconfiança sobre a sucessão na Berkshire também não ajudou. Um dos possíveis substitutos de Buffett, David Sokol, saiu da empresa em março em meio a acusações de insider trading.

    DIVIDENDOS

    UMA TRÈGUA

    As empresas abertas brasileiras pagaram,emmédia,22%dedividendos em2011, o maior volume dos últimos cinco anos, segundo umlevantamento do Instituto Assaf, especializado em estatísticas financeiras. Isso significa que os investidores receberam um retorno de 22% sobre o valor que aplicaram em ações, mais que o juro médio do mercado (veja quadro).

    ENTREVISTA

    OS ALUGUEIS DISPARARAM

    O fundo imobiliário mais rentável de 2011 foi o BB Progressivo, com uma valorização de 58%. Gerido pela Caixa Econômica, é dono de imóveis que são alugados pelo Banco do Brasil em Brasília e no Rio de Janeiro. O bom desempenho foi motivado pelo forte reajuste dos aluguéis, diz Alexsandra Braga, diretora executiva da Caixa.

    QUAL FOI O AUMENTO DO VALOR DO ALUGUEL DOS PRÉDIOS DO FUNDO EM 2011?

    No Rio, a alta foi de 40% e, em Brasília, de 30%.

    POR QUE?

    Os preços estavam defasados. O fundo foi criado em 2004, e só havíamos reajustado os aluguéis pela inflação. Mas, como faltam escritórios, os valores estão subindo. Já programamos uma nova revisao para setembro.

    ———————-

    “A Europa não precisa resolver todos os seus problemas para 2012 ser razoavel. Evitar um desastre pode ser suficiente” – BOB DOLL, vice-presidente da gestora americana Black Rock

    ———————–

    MERCADO – SÓ A BOLSA AMERICANA FOI BEM

    Os indícios de recuperação da economia americana levaram a bolsa de Nova York a subir 5,5% no ano passado. Foi a única alta entre os principais mercados de ações do mundo. A Bovespa, que acumulou uma queda de 18%, teve o terceiro pior desempenho só foi melhor que os mercados da China e da Índia, que acumularam desvalorizações de mais de 20% em 2011. Aqui, as ações com os piores desempenhos foram as de commodities em razão das perspectivas sombrias para a economia mundial e de construção civil, porque o setor imobiliário passa por um momento complicado de aumento de custos e falta de trabalhadores.

    Revista Exame/AC



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter