Rio Negócios defende ação conjunta de governo e setor privado para crescimento do setor turístico

  • Português
  • English
  • Postado em 18 de novembro, 2015


    Marcelo Haddad, presidente da Rio Negócios, defendeu a atuação conjunta do poder público e do setor privado no desenvolvimento de negócios do setor turístico para além de 2016 na abertura  do Encontro Novos Desafios do Turismo para o Rio, no Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro nesta terça-feira, dia 17 de novembro. Haddad, em sua fala de abertura do evento, apresentou desafios e oportunidades do segmento para o futuro.

    Segundo Haddad, entre os pensamentos e iniciativas que deverão ser discutidos para o crescimento do turismo no Rio está a realização com benchmarks internacionais. “Devemos seguir os três ótimos exemplos das cidades de Barcelona, Austrália e Londres. Elas possuem experiência no assunto. Criaram associações que pensaram nos planos de divulgação turística antes e depois do evento esportivo. Esperar que o Governo faça isso sozinho não é o correto. Temos que ter a iniciativa de produzir um planejamento estratégico e seus mercados alvo com monitoramento de resultado”, disse Haddad.

    O executivo disse ainda que os investimentos realizados em infraestrutura na cidade nos últimos oito anos podem aumentar ainda mais as possibilidades de turismo na cidade. “Devemos transformar o aeroporto Galeão em um hub regional, transformar a Barra da Tijuca em um polo turístico, produzir um calendário com eventos globais, tanto esportivos, culturais e de negócios”, disse.

    O evento continua nesta quarta-feira, dia 18, com debates sobre oferta turística, infraestrutura, segmento hoteleiro, novos espaços para eventos, novos museus, desafio de criar a marca e o marketing turístico. Os debates terão como foco o incremento do número de turistas nacionais e estrangeiros na cidade pós-2016.