Raupp quer fazer ciência chegar às empresas

  • Português
  • English
  • Postado em 25 de janeiro, 2012


    Raupp quer fazer ciência ‘chegar às empresas’

    Ao tomar posse, ministro da Ciência e Tecnologia destaca a importância do novo marco legal, em discussão no Congresso

    Roberto Maltchik

    roberto.maltchik@bsb.oglobo.com.br

    MUDANÇAS

    BRASÍLIA. O novo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, o físico Marco Antônio Raupp, anunciou ontem, na cerimônia de transmissão de cargo, que pretende aproximar as ações da Agência Espacial Brasileira (AEB) e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Raupp não detalhou as mudanças. Ex-presidente da AEB, ele já buscou a fusão entre os dois órgãos, que disputam mesmos recursos federais por atuarem em áreas similares.

    Raupp ainda destacou a importância da aprovação do novo marco legal da Ciência e Tecnologia, em discussão no Congresso, para “fazer a ciência chegar às empresas”, meta que deve ser um dos pilares de sua gestão:

    – Vivemos um momento crucial para a ciência brasileira. Precisamos definir com mais precisão, no curto, médio e longo prazos, quais serão as formas de contribuição do conhecimento científico para o desenvolvimento econômico e social.

    Ele ironizou a forma como devem ser apresentados projetos para a aprovação da presidente Dilma. Segundo ele, o ex-ministro Aloizio Mercadante o ensinou que é preciso “construir um projeto que a presidente Dilma não consiga desconstruir, depois da sessão de pancadaria do projeto”.

    Entre os projetos que devem ser priorizados está o aumento “em quantidade e qualidade” das iniciativas voltadas à inovação, especialmente para a economia do conhecimento. E repetiu que a iniciativa privada deve participar mais do desenvolvimento científico.

    O Globo/AC



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter