Produtora do Rio de Janeiro recebe R$ 2 milhões em financiamento de projetos audiovisuais

  • Português
  • English
  • Postado em 14 de outubro, 2015


    producao-audiovisual-merlin-cursos

    A Fraiha Produções de Eventos e Editora, baseada no Rio de Janeiro, conseguiu apoio financeiro no valor de R$ 2 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para seu plano de negócios do período 2014-2018. Os recursos — R$ 1 milhão em financiamento e R$ 1 milhão em recursos não reembolsáveis (Lei do Audiovisual) — correspondem a 19% do total a ser investido no projeto, que visa à produção e distribuição de obras audiovisuais e ao desenvolvimento de canal para web, no âmbito do Programa BNDES para o Desenvolvimento da Economia da Cultura (BNDES Procult).

    O plano da produtora carioca contempla ativos geradores de propriedade intelectual com possíveis desdobramentos em produtos derivados, tais como licenciamentos, séries de TV e sequências de filmes. Os projetos inclusos são os longas Vai Que Dá Certo 2, de Maurício Farias; Polidoro, uma coprodução com a Titânio Produções; e Os Espetaculares, de André Pellenz, com lançamentos previstos para janeiro de 2016, segundo semestre de 2016 e 2017, respectivamente. Co-produzido pela Globo Filmes, Vai Que Dá Certo 2 já tem contrato com a TV Globo para exibição na televisão aberta.

    Outras obras serão produzidas especialmente para o canal na web, a Kigrude TV, voltada ao público de 2 a 10 anos. O projeto da Kigrude TV compreende o desenvolvimento de quatro séries, ações de marketing em redes sociais e a criação de aplicativos que multipliquem as plataformas de acesso do público ao canal, além de jogos e outras atrações derivadas dos seus personagens. Cada série terá 26 episódios na primeira temporada.

    Durante a execução do projeto, estima-se que sejam criados 200 postos de trabalho indiretos.