Plano de Parcerias e Investimentos deve impulsionar setor de óleo e gás

  • Português
  • English
  • Postado em 13 de junho, 2016


    Óleo e gás deve ser um dos principais beneficiários da nova série de concessões do governo federal, delineadas a partir do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI). Com uma gama de projetos incluindo novos leilões de áreas do pré-sal, a previsão é que sejam gerados 11 mil empregos diretos e 195 mil indiretos no setor, com um total de investimentos estimado em cerca de US$ 120 bilhões.

    Todo esse volume de novos recursos também deverá resultar num impulso adicional para a arrecadação estatal, já que as projeções em relação às reservas de petróleo ainda a serem exploradas indicam um potencial de geração de US$ 228 bilhões em royalties e impostos nas décadas seguintes.

    A ANP já se disse pronta para a realização de um leilão do pré-sal em 2017, mas ainda há a necessidade de aprovação do projeto que retira a obrigatoriedade de se ter a Petrobrás participando de todos os campos do pré-sal. O documento já passou pelo Senado, mas ainda depende do aval da Câmara dos Deputados.



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter