Petrobrás recebe autorização para investir R$ 2,8 milhões em quatro projetos de pesquisa

  • Português
  • English
  • Postado em 5 de junho, 2015


    A Petrobrás foi autorizada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) a destinar pouco mais de R$ 2,8 bilhões para o desenvolvimento de quatro projetos de pesquisa. O repasse será feito através da Cláusula de Investimento em Pesquisa e Desenvolvimento presente nos contratos de concessão para exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural.

    Desse montante, o Grupo de Fluidos e Materiais Poliméricos Multifásicos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) receberá R$ 406.088,65 para “Desenvolvimento de Sistemas Associados Nanoestruturados para Recuperação Melhorada de Petróleo com Potencial de Atuação Simultânea no Aumento da Eficiência de Deslocamento e de Varrido e Nanocápsulas para Liberação de Ácido”.
     
    Outros projetos incluem R$ 1.578,860 para o projeto “Redução de atrito e caracterização hidráulica de fluidos de estimulação de poços”, desenvolvido pelo Núcleo de Termociências para a Indústria de Petróleo da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e R$ 372.424,52 para o projeto “Estratégias para recuperação de áreas degradadas pela exploração e produção de petróleo na Caatinga”, do setor de agrobiologia da Empresa Brasileira de Agropecuária (Embrapa).
     
    Um projeto de “Levantamento de curvas de propagação de trincas de fadiga (da/dN x delta K) em materiais expostos a meios agressivos”, desenvolvido pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), terá um aporte de R$ 463.258,70.
     
    Conforme publicado na autorização divulgada no Diário Oficial da União, a Petrobrás se compromete a acompanhar o desenvolvimento do projeto, as condições contidas no plano de trabalho, em especial no que se refere aos objetivos, resultados esperados, prazos e valor estimado.


    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter