Pesquisa da Microsoft aponta otimismo dos brasileiros sobre o impacto da tecnologia para novos negócios

  • Português
  • English
  • Postado em 1 de abril, 2015


    Pesquisa feita pela Microsoft aponta que 83% dos brasileiros acreditam que a tecnologia pessoal ajudou a melhorar a inovação no campo dos negócios e 82% são otimistas com relação à contribuição da tecnologia na criação de novas empresas. A segunda edição do Views Around the Globe apresentou questões que percorriam do ambiente econômico à contribuição para a saúde.

    O estudo demonstrou como as pessoas têm utilizado a tecnologia pessoal para buscar inovação em todos os setores da vida, tanto pessoal quanto profissional. Foram entrevistadas 12 mil pessoas de 12 países entre dezembro de 2014 a janeiro deste ano. Para o bloco de economias emergentes, foram considerados Brasil, Índia, Rússia, China, Turquia, África do Sul e Indonésia. Já no grupo dos desenvolvidos ficaram Estados Unidos, França, Alemanha, Japão e Coreia do Sul.

    Para Marcos Swarowsky, diretor de Advertising Online da Microsoft, a pesquisa consolida percepções já fundadas sobre a contribuição da tecnologia para a transformação em todo o mundo. Há uma onda de otimismo em todo o mundo em relação a profissões nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática. Dos entrevistados, 46% acreditam que esses campos serão responsáveis por gerar as melhores oportunidades de trabalho no futuro. Em países em desenvolvimento, 90% dos homens entrevistados pela pesquisa disseram-se interessados em seguir uma profissão em algum desses quatro campos. Entre as mulheres, esse percentual também é elevado, de 79%. Alguns países também acreditam que o uso da tecnologia pode acrescentar valores ao aprendizado das crianças. Países desenvolvidos e emergentes concordam com essa visão de maneiras diferentes. Nos países desenvolvidos, 52% dos pais acreditam que a tecnologia melhora as habilidades dos seus filhos para o futuro. Já nos países em desenvolvimento, 58% dos pais entendem que a tecnologia pessoal amplia o conhecimento de mundo para as crianças. Uma leitura sobre essa percepção é que no bloco de países emergentes, a tecnologia é utilizada como um elemento de inclusão social.