Painel FC

  • Português
  • English
  • Postado em 24 de janeiro, 2012


    ‘Upgrade’

    A qualidade dos rivais que estarão no caminho do Brasil até a Copa aumentará gradativamente, no que depender do diretor de seleções da CBF, Andres Sanchez. Apesar de Ricardo Teixeira ter batido o martelo, teve seu dedo a escolha dos amistosos contra Argentina, Dinamarca, EUA, México e Bósnia. Foi um contraste em relação aos rivais que o Brasil pegou no segundo semestre de 2011, como os fracos Gabão, Egito e Costa Rica.

    Histórico. Em seu primeiro ano à frente da seleção brasileira, o treinador Mano Menezes acumulou derrotas entre 2010 e 2011 para seleções grandes que enfrentou. Foi assim contra a equipe da Alemanha, a seleção da França e também a da Argentina.

    Colheita. Cartolas do Corinthians dizem que alguns jogadores que se destacaram na Copa São Paulo de juniores deverão ser aproveitados no time principal. Dois nomes citados são o do meia Giovani e o do primeiro volante Gomes, que já treinaram com os profissionais.

    Água demais. No departamento de futebol corintiano, apesar da boa atuação dos juniores, a ordem é para evitar badalação em torno dos nomes que se destacaram no torneio. Pelo menos até a decisão, amanhã. Não querem ver ninguém entrar de salto alto em campo.

    Criativo. Estreou no Paulista nova maneira encontrada pelos clubes para aumentar sua renda. Chamada de “publigol”, é uma publicidade estática posicionada atrás do gol. Por meio de ilusão de ótica, dá a impressão de que está dentro dele.

    Prestigiado. Prometem prestigiar amanhã, em Brasília, a posse do novo secretário-executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes, o governador do Rio, Sergio Cabral, e o prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes. Estão de olho na Copa-2014.

    Acumulou. Fernandes será o “homem da Copa” da pasta, responsável pelos preparativos do Mundial de 2014, em substituição a Alcino Reis Rocha, que pediu exoneração. Cientista social e professor, Fernandes já foi secretário-executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia.

    Portas abertas. A direção do Palmeiras ainda não desistiu de possíveis reforços para a temporada. O clube tenta contratar os laterais Jonas, do Coritiba, e Vicente, do São Caetano. Tampouco está descartada a vinda de um outro jogador paraguaio.

    Solo. Hélio Viana, ex-sócio de Pelé, capitalizará na insatisfação de médias e pequenas empresas que reclamam ser difícil entrar na Copa e na Olimpíada. É esse o foco da World Sports Business, feira de negócios e esporte que organizará no Rio, no segundo semestre deste ano.

    Dividida

    “Não é fácil estar à frente [da organização de uma Copa] de um país como o Brasil”

    VITALY MUTKO

    ministro do Esporte russo, após Joseph Blatter dizer que a Rússia está mais adiantada

    Folha de S. Paulo/AC



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter