OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS CRIADAS PELO SETOR DE ESPORTE SÃO TEMA DE CONFERÊNCIA DA CASA RIO

  • Português
  • English
  • Postado em 25 de julho, 2016


    OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS CRIADAS PELO SETOR DE ESPORTE SÃO TEMA DE CONFERÊNCIA DA CASA RIO

    Cerca de 400 líderes do setor de esportes estiveram reunidos nessa segunda-feira, 25 de julho, no Museu do Amanhã, para a quarta conferência setorial da Casa Rio, o maior programa de negócios do país. O evento, que teve como tema “O que o Rio precisa para se tornar uma capital dos esportes”, reuniu patrocinadores globais de eventos esportivos, agências internacionais de marketing esportivos, veículos de mídia e autoridades responsáveis pelo desenvolvimento de políticas públicas nacionais e internacionais.
    A abertura do evento contou com as falas da primeira atleta a conquistar uma medalha de ouro feminina para o Brasil, Jaqueline Silva, do diretor de Marketing do Rio 2016, Mario Andrada, e do prefeito Eduardo Paes, que argumentou que a cidade já tem os requisitos necessários para ser reconhecida como um hub esportivo.

    Abrindo o primeiro painel, Gary Zenkel, presidente da NBC Olympics, deu o seu ponto de vista sobre investimentos em esporte, discutindo a operação de transmissão das Olimpíadas. A expectativa da NBC é de que os Jogos Rio 2016 tenham a maior audiência de horário nobre da história das Olimpíadas, e que esse número será ainda maior em serviços de streaming.

    Na sequência, Pedro Navio, head of Latin America da Red Bull, deu sua visão de futuro sobre o tema “qualidades que fazem de uma cidade um polo esportivo global” e destacou exemplos de como o planejamento de longo prazo levou outras cidades a tornarem-se polos esportivos globais. Segundo Navio, o Rio de Janeiro possui a infraestrutura necessária para tornar-se um polo global, com o planejamento de longo prazo certo, focado em segmentos específicos ao invés de se tentar aglomerar tudo.

    O primeiro painel contou ainda com a participação de Carlos Eduardo Ferreira, CEO da CSM Brasil; Alan Adler, CEO da IMM Sports & Entertainment; e José Colagrossi – Executive Director, IBOPE Repucom. Os painelistas lembraram que, nos últimos quatro anos, o Rio foi a cidade mais importante do mundo em matéria de esportes, com a Copa do Mundo e os Jogos, e que o trabalho será de manter esse patamar. O painel também levantou o ponto de que o Rio de Janeiro é o centro decisório de diversos esportes do país, e a proximidade com empresas patrocinadoras cria inúmeras oportunidades de negócios.

    A segunda sessão, que tratou de “oportunidades de negócios a partir da criação de um polo esportivo”, começou com um keynote de Ricardo Fort, VP de Global Assets and Partnerships da Coca-Cola. Fort afirmou que o Rio de Janeiro precisaria investir durante um período de 20 anos em promoção para se equiparar à exposição gratuita em virtude das Olimpíadas e da Copa do Mundo. Graças a essa exposição, o Rio é visto como uma opção atraente para patrocinadores e grandes eventos.

    Em seguida, as discussões focaram no legado para o desenvolvimento de outras atividades esportivas na cidade utilizando a nova infraestrutura. Os painelistas acreditam que marcas veem o potencial que a cidade tem para projetar tanto para um mercado local considerável, quanto para o mercado internacional. Ligas esportivas internacionais – como UFC, NBA e WSL – tem considerado o Brasil um mercado prioritário por essa projeção. Participaram do segundo painel Joaquim Monteiro de Carvalho, presidente da Empresa Olímpica Municipal; Fernanda Lobão, Diretora de Planejamento e Comunicações da Go4it; e Luis Carlos Franco, Diretor Geral da Ogilvy & Mather.

    PROGRAMAÇÃO

    ABERTURA

    Jackie Silva – Empresária e Medalhista de Ouro nas Olimpíadas
    Mario Andrada – Diretor Executivo de Comunicações, Rio 2016
    Eduardo Paes – Prefeito, Cidade do Rio de Janeiro

    QUICK CHAT

    Gary Zenkel – President, NBC Olympics, NBC Sports Group

    SESSÃO 1: COMO FAZER UM POLO DE ESPORTES?

    Moderado por André Henning – Jornalista, TV Esporte Interativo – GrupoTurner

    FUTURE FLASH

    Pedro Navio – Head of Latin America, Red Bull

    PAINEL

    Carlos Eduardo Ferreira – CEO, CSM Brasil
    Alan Adler – CEO, IMX Sports & Entertainment
    José Colagrossi – Diretor Executivo, IBOPE Repucom

    SESSÃO 2: QUE OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS SURGEM COM A CRIAÇÃO DE UM POLO DE ESPORTE?

    Moderado por Alexandre Rangel –  Sócio, EY

    FUTURE FLASH

    Ricardo Fort – VP Global Assets and Partnerships, Coca-Cola

    PAINEL

    Fernanda Lobão – Diretora de Planejamento, Go4it
    Luis Carlos Franco – Diretor, Ogilvy & Mather
    Joaquim Monteiro de Carvalho – Presidente, Empresa Olímpica Municipal



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter