Ofertas devem levar mais fornecedores da indústria de petróleo à BM&FBovespa

  • Português
  • English
  • Postado em 23 de janeiro, 2012


    O início da negociação com as ações da Seabras está previsto para 13 de fevereiro na BM&FBovespa. A companhia pertence ao grupo norueguês Seadrill, listado nas bolsas de Oslo e Nova York e que no ano passado teve receita líquida de US$ 4 bilhões.

    A companhia iniciou ontem as apresentações aos investidores. O intervalo de preço sugerido para as ações vai de R$ 20 a R$ 26. As intenções de investimento serão recebidas até 8 de fevereiro. A reserva de papéis para os interessados começa no dia 30. Além do BTG Pactual, Morgan Stanley e Citigroup estão na lista dos coordenadores.

    A nova versão do prospecto preliminar diz que US$ 350 milhões, ou 58% do ponto médio previsto para a captação, serão utilizados pela companhia para pagar a controladora Seadrill pelos ativos em operação que ficarão com a subsidiária brasileira – juntos eles tiveram receita de R$ 854 milhões de janeiro a setembro do ano passado, segundo balanço não auditado.

    A Petrobras é atualmente a única cliente do grupo no Brasil. No entanto, a empresa afirma que pretende buscar novos contratos.

    A chegada da Seabras à BM&FBovespa confirma a expectativa de banqueiros e investidores de que, com o pré-sal, muitas empresas do ramo de óleo e gás devem acessar o mercado brasileiro, especialmente os fornecedores das companhias de exploração como Petrobras, OGX, HRT e outras.

    Esse deve ser o setor com as maiores ofertas, dado o grande volume de recursos que movimenta. A crença de que a expansão desse ramo passa por capitalização com ações está no modelo utilizado pelo governo brasileiro, que dará prioridade ao conteúdo nacional.

    Os banqueiros dizem que companhias com demanda determinada pelo mercado doméstico continuarão tendo um apelo de investimento mais interessante. Daí a aposta nesse ramo, assim como nos segmentos relacionados com infraestrutura e logística. (GV)

    Valor Econômico/AC



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter