O IPO sai ou não sai?

  • Português
  • English
  • Postado em 19 de janeiro, 2012


    EMPRESAS LIGADAS AO CONSUMO INTERNO TÊM FEITO SUCESSO ENTRE OS INVESTIDORES. O RISCO É PAGAR CARO DEMAIS

    Duas empresas ligadas ao setor de turismo entraram com o pedido de abertura de capital na Bovespa recentemente: a CVC e a Brasil Travel, uma companhia criada há menos deu m ano pela união de quase 40empresas de turismo. A expectativa de executivos envolvidos nas operações e que a CVC levante 1,5 bilhão de reais com o IPO, e a Brasil Travel, 600 milhões de reais. A pergunta que muitos investidores se fazem e se haverá demanda suficiente para fazer frente às ofertas de ações de duas empresas tão parecidas, que podem estrear na bolsa com poucos meses de diferença.

    De forma geral, companhias ligadas à economia doméstica no Brasil têm feito sucesso entre os investidores estrangeiros, que costumam comprar entre 60% e 70% das açôes de IPOs, porque a expectativa de crescimento da economia continua positiva.

    Das11 aberturas de capital que ocorreram em 2011, sete foram de empresas voltadas para o consumo local, e cinco delas tiveram mn desempenho superior ao do Ibovespa – as exceções foram Magazine Luiza e Time for Fun. Com a Copa do Mundo e a Olimpíada à frente e o contínuo aumento do consumo da classe C, analistas acreditam que o setor de turismo pode chamar a atenção dos estrangeiros. Hoje, só há uma empresa desse mercado na bolsa, a BHG, uma problemática associação entre a Invest Tur Brasil e a LAHotels, a GP Investimentos em 12 meses, suas ações caíram 20%. No caso específico das empresas de turismo, o risco para o investidor é, paradoxalmente, comprar ações de um setor que vive um momento de euforia – e com a promessa de forte crescimento à frente. E comum, nesses casos, que o IPO saia a um preço alto. O perigo, aqui, é que a perspectiva de expansão se prove demasiadamente otimista – e o investidor perceba que comprou ações de turismo no auge e acabe com um mico nas mãos.

    Revista Exame/AC



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter