NIT NEGÓCIOS MOVIMENTARÁ INVESTIMENTOS DE ATÉ R$ 300 MILHÕES EM NITERÓI

  • Português
  • English
  • Postado em 20 de setembro, 2017


    Agência de Promoção de Investimentos vai impulsionar a economia do município e atrair novas empresas. Até julho 2018 serão mais de 300 rodadas de negócios.

    De olho em investidores nacionais e internacionais que possam ajudar a movimentar a economia do município, colaborando para gerar emprego e renda, a Prefeitura de Niterói assinou contrato com a Rio Negócios. O acordo cria a Agência Nit Negócios, com objetivo atrair e facilitar a implantação de novas empresas na cidade. A previsão é de que Niterói possa atrair investimentos que poderão girar entre R$ 80 milhões e R$ 300 milhões, gerando cerca de mil empregos diretos por cada ano de convênio. Uma empresa Holandesa já estuda a possibilidade de abertura de escritório na cidade.

    Para cumprir a meta de conectar Niterói com possíveis investidores estão previstas 300 rodadas de negociações até 2018 e o recebimento de 12 delegações internacionais. Nos próximos meses, a cidade será apresentada pelos especialistas em negócios, através de entrevistas, à 42 líderes setoriais de várias partes do mundo. A lista inclui ainda consulados, estrategistas em negócios, bancos de investimentos entre outras ações estratégicas.

    Com essa ação, o Município dá mais um passo na contramão da crise, incentivando o empreendedorismo e movimentando ainda mais a economia local. “O convênio reforça nossas estratégias de atrair novos investimentos e é mais uma prova de que Niterói está indo no sentido contrário da crise. A Nit Negócios buscará investidores a partir da vocação do município. Uma gerência de negócios vai ampliar o mercado produtivo para gerar emprego e renda. ”, afirmou Rodrigo Neves, prefeito de Niterói.

    A nova agência de promoção de investimentos vai aproveitar o potencial de Niterói em setores como: Energia, Naval, Turismo, Entretenimento e Indústria Criativa, Tecnologia da Informação e Inovação Científica, Indústria Imobiliária e de Construção Civil, Call Center e Serviços Compartilhados (prestação de serviços para outras empresas).

    A Nit Negócios terá um amplo leque de opções para “vender” a cidade e contará com uma vasta carteira de clientes, além da experiência de negócios fechados com cerca de sete mil empresas de 30 países. De acordo com Marcelo Haddad, diretor executivo da Rio Negócios e responsável pela gestão da agência de Niterói, o plano é manter na cidade o mesmo case de negócios aplicado no município do Rio há oitos anos, gerando investimentos em torno de R$ 4 bilhões e 21 mil empregos.

    “Além de utilizar o portfolio de clientes para captar novos negócios, temos pessoas focadas em orientar e apontar as opções da cidade para esses novos investidores e também em sinalizar novas frentes para os empresários de Niterói ampliarem seus negócios. Ter um canal de comunicação com os atores locais é fundamental para o processo decisório de qualquer negócio. Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, por exemplo, mostra que 92% com diretores de grandes empresas utilizariam os serviços de uma agência de fomento local para ampliar seus investimentos”, garante Haddad.

    Perfil sustentável da cidade poderá atrair empresa poderá estimular negócios

    Antes mesmo de partir para ofensiva de mercado, a cidade poderá ganhar um escritório da empresa holandesa Dopper. A ideia da companhia é fazer uma parceria com as cooperativas de catadores de materiais recicláveis para arrecadar garrafas pet, que serão transformadas em garrafas sustentáveis para água potável, com foco na redução do descarte de plástico e no incentivo ao consumo de água filtrada.

    “Niterói é um lugar muito interessante pela conexão e história com água e o mar e os projetos voltados para sustentabilidade na cidade e o poder público envolvido com a questão. Temos grande interesse em nos estabelecer na cidade. Além da comercialização da garrafa, temos expectativa de geração de renda e empregos locais”, explica a holandesa Ellen Sluis, uma das idealizadoras do projeto.

    O convênio para a implantação da Nit Negócios é uma parceria das secretarias de Fazenda e de Desenvolvimento Econômico, Indústria Naval e Petróleo e Gás, com o aval da Secretaria de Planejamento, Modernização da Gestão e Controle.

    Concretização de perfil empreendedor de Niterói.
    A criação da Nit Negócios, segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luiz Paulino Moreira Leite, é a consolidação do perfil empreendedor e do incentivo a novos negócios que a Prefeitura vem desenvolvendo nos últimos anos. A cidade já faz parte do Programa Cidades Empreendedoras do Sebrae /RJ para fomentar políticas públicas de desenvolvimento para os pequenos negócios, visando o fortalecimento da economia local. Ele lembra que Niterói ganhou, este ano, incentivo para criação do Polo Cervejeiro, da Rota Gastronômica da Região Oceânica e trabalha na criação do Polo de Modas.

    “A Prefeitura de Niterói está investindo no empreendedorismo através de várias frentes. Novos negócios significam novos empregos e arrecadação para o município. O Nit Negócios será fundamental. Outras medidas de incentivo ao empreendedorismo foram implementadas pelo Município nos últimos anos, com o pacto fiscal, criação do e-Cidades, projetos de desburocratização e o foco na gestão administrativa, além da redução das alíquotas de ISS em 2% para a Indústria Naval; e em 2% para seguradoras e empresas da área de saúde e a Lei dos Hotéis para incentivo a abertura de novos estabelecimentos”, comemora o secretário.

    O secretário frisa que Niterói criou a Casa do Empreendedor, que dá um tratamento diferenciado aos MEIs (Microempreendedores Individuais), através do Alvará Rápido.