Leia Mais

  • Português
  • English
  • Postado em 23 de janeiro, 2012


    A troca de comando na Petrobras, de certa forma, já era esperada pelo mercado.

    Mesmo assim, as ações da companhia subiram mais de 3% ontem na BM&FBovespa.

    O motivo da alta, segundo os profissionais que acompanham a empresa, foi o anúncio do nome da substituta que será indicada por Mantega: Maria das Graças Foster.

    Perspectiva é de que a nova gestão da estatal reforce o papel da empresa no que se refere ao controle de preços de combustíveis e de investimentos no Brasil

    Brasil Econômico/AC