Le Cordon Bleu e feira internacional de gastronomia Sirha vem ao Brasil

  • Português
  • English
  • Postado em 27 de fevereiro, 2015


    O cenário gastronômico carioca ficará ainda mais rico em 2015, com a inauguração da unidade da prestigiada escola francesa de gastronomia Le Cordon Bleu e a primeira edição brasileira da Sirha, evento internacional do ramo. Coordenada pela Fundação de Apoio à Escola Técnica do Rio de Janeiro (Faetec), ligada à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, a unidade do Le Cordon Bleu – segunda na América Latina, após Lima, Peru – tem sua inauguração prevista para o segundo semestre de 2015, e investimentos do governo do Estado do Rio de Janeiro totalizando R$ 12 milhões. O convênio com a escola francesa prevê que 20% das vagas sejam oferecidas gratuitamente pela Faetec. “Também estipula que os professores desenvolvam cardápios com insumos produzidos no Estado do Rio de Janeiro, como macadâmia e jabuticaba”, diz o presidente da Faetec, Wagner Victer. A escola será instalada em Botafogo, Zona Sul carioca, e terá um restaurante e uma padaria abertos ao público.

    Além do Le Cordon Bleu, 2015 também tem a chegada do Sirha ao Brasil, com a primeira edição do evento fora da Europa e Ásia acontecendo entre 14 e 16 de outubro, no Centro de Convenções SulAmérica. Criado em Lyon, na França em 1983, o evento, que acontecerá em outubro, passa a fazer parte do calendário anual da cidade. Em suas edições na Europa, são reunidos mais de 185 mil profissionais e cerca de 3 mil expositores e marcas. Para a primeira edição no Brasil, a expectativa é atrair entre 100 e 150 expositores e cerca de 10 mil visitantes. Presidido pelo chef francês radicado no Rio de Janeiro Claude Troisgros, o Sirha Rio, que ganhou o selo Rio 450, será palco de seletivas do concurso Bocuse d’Or, além das conferências do Sirha World Cuisine Summit. O Sebrae, parceiro da Fagga/GL, organizará a exposição de 20 pequenos produtores brasileiros.