Investimentos em portos no Rio somam R$ 4 bilhões

  • Português
  • English
  • Postado em 27 de abril, 2016


    PORTO-DE-ITAGUAÍ-1

    O governo federal aprovou, na semana passada, a prorrogação antecipada de um contrato de exploração do terminal de granéis minerais da CSN em Itaguaí, com a empresa prometendo aportar R$ 2,7 bilhões no projeto, sendo que R$ 1,7 bilhões serão destinados à ampliação do terminal.

    O aporte de R$ 2,7 bilhões da CSN em Itaguaí confirma o Rio como o Estado mais atraente para investimentos privados em portos, com R$ 4 bilhões assegurados nos últimos seis meses. Esse valor equivale a mais da metade dos R$ 7,9 bilhões previstos em investimentos na costa fluminense até 2042, segundo o Plano Nacional de Logística Portuária (PNLP). O montante também equivale a 15,5% do total previsto para o país no período, de R$ 51 bilhões.

    Esse novo aporte, sendo R$ 1,7 bilhões serão destinados à ampliação do terminal, elevará a capacidade do terminal de 45 milhões de toneladas por ano (MTPA) para 60 MTPA a partir de 2019. O projeto também inclui melhoria do acesso ferroviário, por onde chegam os minérios até o terminal para serem exportados. Segundo a CSN, a ampliação vai elevar o número de trabalhadores no terminal, de 1.940, para 3.140, entre diretos e terceirizados, sem contar os quase sete mil trabalhadores que atuarão durante as obras de ampliação. A Secretaria Especial dos Portos (SEP) prevê, ao longo de 2016, a criação de cinco mil novos postos no Rio para os portos e as cadeias produtivas associadas.

    O governo prevê, até o fim de 2016, a licitação de quatro áreas no Porto do Rio e recebeu há algumas semanas solicitação do Píer Mauá para prorrogação do seu contrato por mais 25 anos, elevando sua capacidade para até 1 milhão de passageiros por ano, ante o recorde anterior de 600 mil.

    Fonte: O Globo



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter