Insatisfeita com gestão, Dilma troca comando da Petrobrás

  • Português
  • English
  • Postado em 24 de janeiro, 2012


    Presidente muda o sétimo posto do primeiro escalão indicado por Lula para colocar técnica de sua confiança

    A presidente Dilma Rousseff trocou o presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli, por Maria das Graças Foster, diretora de Gás e Energia da estatal. Técnica de confiança de Dilma, Graça Foster será a primeira mulher a comandar a maior companhia do País e deve manter o foco da gestão na exploração do pré-sal. O anúncio da mudança fez as ações ordinárias da empresa subirem 3,61% e atingir a maior cotação desde maio de 2011. Em sua agenda de prioridades, Graça Foster terá de buscar solução rápida para a contratação de 21 sondas de perfuração, projeto estimado em US$ 70 bilhões necessário à exploração do pré-sal e cuja licitação foi suspensa diante de impasse de quem as construiria. A presidente quer a garantia de produção no Brasil. Gabrielli minimizou a mudança: “É apenas um ciclo que se fecha”. Ele é a sétima baixa do primeiro escalão ligada ao ex-presidente Lula. ECONOMIA / PÁGS. B1, B3 e B4

    O Estado de S. Paulo/AC



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter