Imprensa internacional associa acidente a despreparo na infraestrutura brasileira

  • Português
  • English
  • Postado em 26 de janeiro, 2012


    Jornais econômicos relacionaram o tema aos grandes eventos esportivos

    Com o Brasil sob os holofotes dos agentes econômicos globais, o desabamento dos prédios no centro do Rio ganhou na imprensa internacional uma repercussão para além dos efeitos diretos da tragédia. Ontem, os principais jornais econômicos – o inglês Financial Times e o americano Wall Street Journal – associaram o acidente a um possível despreparo da infraestrutura brasileira para sediar grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

    “Muitos edifícios serão usados por visitantes que virão ao Brasil para os megaeventos”, afirmou o Financial Times. “A tragédia provavelmente atrairá atenção para o mau estado da infraestrutura do Rio”, diz o WSJ.

    O site da rede de televisão americana CNN apontou que o acidente aconteceu em um “momento delicado da cidade que se prepara para a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas dois anos depois”. A reportagem ainda lembra que os prédios estavam localizados ao lado do Theatro Municipal, onde “o presidente americano, Barack Obama, discursou no ano passado durante sua visita ao país”.

    Já o francês Libération disse que o acidente “deu ao bairro histórico um ar de campo de batalha”. O site da revista alemã Der Spiegel destacou que as autoridades desconfiam de problemas na estrutura dos prédios como motivo do desabamento.

    Brasil Econômico/AC



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter