Governo britânico apresenta programa de negócios das Olimpíadas para empresários

  • Português
  • English
  • Postado em 19 de novembro, 2015


    UKTI

    O Governo Britânico apresentou a empresários do Reino Unido e do Brasil o programa de negócios que será desenvolvido pela UK Trade & Investment (UKTI) durante os Jogos Olímpícos de 2016.  Participaram do evento 20 empresários britânicos e 28 executivos brasileiros de empresas com sede no Rio de Janeiro.

    As atividades do programa de negócios serão realizadas na Great Britain House – GB House, que ficará instalada na Zona Sul da cidade. O programa quer reforçar a parceria de negócios entre o Reino Unido, o Brasil e aproveitar o evento global para abrir novas oportunidades com outros países. Os setores econômicos no foco da UKTI para os Jogos Olímpicos serão indústria criativa, energia, educação, desenvolvimento urbano, ciência , tecnologia e inovação, além da promoção de diversas áreas de investimento no Reino Unido. O programa de negócios britânico para as Olimpíadas de 2016 foi apresentado por Jonathan Dunn, cônsul-geral do Reino Unido no Rio de Janeiro, e detalhado por George Middleton, Deputy Head da UKTI Rio.

    O encontro de negócios é parte da série de atividades GREAT, organizada pela UKTI para a delegação britânica, que inclui representantes de grandes bancos internacionais, além de empresas de consultoria empresarial, segurança, gerência de risco, tecnologia, varejo e instituições de ensino. Entre os empresários brasileiros estavam representantes de empresas de logística, consultoria empresarial, comunicação e autoridades de telecomunicações.

    O evento também contou com a apresentação do projeto da Casa Rio, que será o maior programa de desenvolvimento de negócios já realizado no país. Apresentado pelo presidente da Rio Negócios, Marcelo Haddad, o programa terá duração de sete meses com diversas atividades, incluindo 21 conferências, além de rodadas de negócios e reuniões setoriais. Na Casa Rio serão discutidas oportunidades relacionadas a 13 setores estratégicos da cidade. A expectativa é que a Casa Rio, cuja programação começa no primeiro semestre de 2016, conte com a participação de mais de 2.500 empresas e cinco mil participantes.

    O programa terá como palco principal o Museu do Amanhã, onde serão realizadas todas as conferências.