GE anuncia parceria com a Confederação Brasileira de Canoagem

  • Português
  • English
  • Postado em 2 de abril, 2015


    O Centro de Pesquisa da GE no Parque Tecnológico do Fundão terá um papel fundamental no preparo da equipe brasileira de canoagem para as Olimpíadas. Nesta quarta-feira, 31/03, a empresa anunciou uma parceria de patrocínio com a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa). O contrato, válido até 31 de dezembro de 2016, vai além do investimento para ter sua marca exibida durante as competições oficiais da entidade e nos uniformes e embarcações das equipes. O objetivo é melhorar o desempenho técnico e físico dos atletas com a ajuda da tecnologia, visando à conquista de medalhas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

     “Pela primeira vez, vamos usar a tecnologia em benefício dos atletas. Através da análise diversos dados, vamos, nos treinamentos, ajudar a melhorar a performance dos competidores. Essa é a quarta equipe que patrocinamos, as três primeiras foram pela primeira vez ganhadoras da medalha de ouro nas Olimpíadas”, diz o presidente e CEO da GE para a América Latina, Reinaldo Garcia.

     “O sistema consiste basicamente em um sensoriamento das embarcações com giroscópio, acelerômetro, magnetômetro, GPS (…) para medir a intensidade da remada dos atletas, velocidade da embarcação e direção. E, a partir da análise dessas informações, combinadas com dados biométricos dos atletas, a gente conseguirá identificar tendências e padrões em tempo real”, complementa o líder da área de Software & Produtividade do Centro de Pesquisas da GE no Brasil, Marcelo Blois.

     Segundo Blois, tudo será gerido pelo técnico das equipes a partir de uma aplicativo. “A aplicação da tecnologia confirma a vocação do Centro, que é resolver problemas do Brasil”, destaca.

     Desde 2005, a GE tem acordo com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para patrocínio das Olimpíadas, com ações envolvendo principalmente infraestrutura. Nesse período, a empresa já conquistou US$ 1 bilhão com soluções dedicadas aos Jogos. Para o evento de 2016, já são 50 projetos concluídos ou em execução, e a expectativa da empresa é chegar a 100. Há quatro Jogos Olímpicos, além de patrocinar os eventos, a empresa apoia também uma equipe local, mas é a primeira vez que o uso da sua tecnologia é empregado.

     Fonte: Brasil Econômico



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter