Finep passa a aceitar seguro garantia em operações de crédito

  • Português
  • English
  • Postado em 10 de março, 2015


    O custo para obter financiamento junto à Finep diminuiu agora que a agência passou a aceitar seguro garantia nas operações de crédito. O seguro garantia tem um custo equivalente a 1/3 do custo anual da fiança bancária – que até 2015 era a única opção oferecida pela agência em casos de empréstimo – cerca de 1,5% a 6% do valor da dívida garantida. Historicamente, um dos maiores problemas das empresas para conseguir financiamento está nas garantias.

    Outra vantagem do seguro garantia sobre a fiança é o fato de que não compromete o limite de crédito da empresa junto aos bancos para obtenção de financiamentos e capital de giro. A emissão de uma carta de fiança toma limite operacional do banco, bem como limite de crédito da empresa junto ao banco, impactando diretamente o seu Índice de Basiléia. Em 2012, foi zerada a alíquota do IOF em operação de contratação de seguro garantia, o que diminuiu ainda mais o seu custo. Ambas são garantias nas quais um terceiro assume o compromisso de cumprir determinada obrigação caso o devedor não o faça. Contudo, o seguro garantia possui vantagens de liquidez e higidez.

    A Finep contou com uma consultoria especializada, além de benchmarking, para chegar ao modelo de contrato final, já aprovado e aderido por seguradoras como BTG Pactual e Swiss Re. É necessário que a seguradora possua classificação de risco emitido por uma das seguintes agências: A.M. Best, Fitch Ratings, Standard & Poor’s e Moody’s.