Faturamento real da indústria avança 4,6%

  • Português
  • English
  • Postado em 18 de janeiro, 2012


    São Paulo – O faturamento real da indústria brasileira registrou crescimento de 4,6% em novembro em relação ao mesmo mês de 2010, conforme dados divulgados ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Na comparação com outubro, o faturamento cresceu 2,2%, com ajuste sazonal, na sexta alta consecutiva, nesta base de comparação. Sem o ajuste, o faturamento real aumentou 1,9% em novembro ante outubro. No acumulado do ano, o faturamento registrado é de 5,2% ante os 11 primeiros meses de 2010.

    A pesquisa da CNI também revelou que o nível de utilização da capacidade instalada (Nuci) da indústria brasileira ficou praticamente estável no mês de novembro, em 81,5%, com ajuste sazonal. A estabilidade ocorreu após dois meses de queda. Em outubro, o Nuci estava em 81,4% e, em novembro de 2010, 82,7%.

    Analistas esperavam que o Nuci ficasse em novembro entre 81,50% e 81,70%. O resultado, portanto, ficou no piso das previsões. Sem o ajuste sazonal, o Nuci caiu para 82,8% em novembro, ante 83,3% em outubro. Em novembro de 2010, estava em 84%.

    Emprego

    De acordo com a CNI, o nível de emprego da indústria registrou crescimento de 0,4% em novembro comparativamente ao do mesmo mês de 2010. Em relação a outubro, o emprego ficou estável em novembro. O salário real registrou alta de 3,7% em novembro ante o mesmo mês de 2010.

    DCI – Comércio, Indústria e Serviços/AC



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter