Estudo aponta o Brasil como melhor país na América Latina para investir em energia renovável

  • Português
  • English
  • Postado em 20 de abril, 2015


    O Brasil é o país da América Latina mais atrativo para investimentos em fontes renováveis de energia, de acordo com estudo da consultoria Ernst & Young. Segundo o levantamento, o país também manteve a nona colocação do ranking dos 40 mercados com melhores condições para investimentos no setor, em relação à pesquisa anterior, feita no ano passado. A lista é liderada pela China, seguida de Estados Unidos, Alemanha e Japão.

    O país tem pontuação de 56,7, atrás do Reino Unido (58,5) e à frente da Austrália (56). A pontuação é definida por uma metodologia que considera o grau de estabilidade macroeconômica, ambiente para negócios, priorização para as fontes renováveis, condições de financiamentos para empreendimentos e atratividade dos projetos.

    Segundo diretor de Consultoria em Sustentabilidade da EY no Brasil, Mario Lima, o cenário positivo para o país reflete os planos divulgados pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) de que a oferta de energia renovável brasileira crescerá entre 35% e 40% por ano nos próximos anos. Entre as fontes renováveis, desconsiderando as grandes hidrelétricas, o destaque no Brasil continua sendo a energia eólica. “Há uma maturidade do setor, com a instalação de uma cadeia de fornecedores. Agora é preciso viabilizar a vinda de outros fabricantes para o mercado brasileiro, para que haja consolidação sem que seja criado um cartel”, disse Lima.

    O especialista vê com bons olhos o recente anúncio do governo federal para a realização de dois leilões de solar no país este ano. “Aconteceu a mesma coisa com a energia eólica no Brasil, permitindo a redução dos preços dos projetos. É um bom caminho”, disse Lima

    Fonte: Valor Econômico



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter