Dúvidas sobre o crescimento chinês

  • Português
  • English
  • Postado em 18 de janeiro, 2012


    Jamil Anderlini

    Pelos padrões de quase qualquer economia, a alta para 8,9% na taxa de crescimento anual chinesa no quarto trimestre de 2010 seria um sucesso. No entanto, o ânimo em Pequim, ontem, era sombrio, quando o governo anunciou seu menor crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em dez trimestres.

    À primeira vista, a desaceleração – para 9,5% no segundo trimestre, 9,1% no terceiro e agora 8,9% no quarto – é exatamente a meta de Pequim. Mas o Birô Nacional de Estatísticas expressou preocupações de que as coisas vão, provavelmente, piorar. A maioria dos analistas, sejam otimistas ou pessimistas sobre as perspectivas de longo prazo para a China, espera que o crescimento volte a cair nos próximos meses, para bem abaixo de uma taxa anualizada de 8% no primeiro trimestre. Alguns preveem um crescimento baixo, de até 7,5% no ano.

    Assuntos relacionados China desacelera e já abre debate sobre taxa de crescimento menor

    Há 46 minutos

    As bolsas americanas e europeias subiram com os resultados chineses, considerados acima do previsto. No Brasil, o Ibovespa bateu os 60 mil pontos e teve valorização de 1,15%.

    Páginas A9 e C2

    Valor Econômico/AC