Dilma define os cortes do orçamento

  • Português
  • English
  • Postado em 23 de janeiro, 2012


    Por Fernando Exman e João Villaverde

    De Brasília

    A presidente Dilma Rousseff decidiu poupar os investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Minha Casa, Minha Vida dos cortes que fará no orçamento de 2012. A ideia é priorizar esses investimentos, que devem somar R$ 25,6 bilhões e R$ 11,1 bilhões, respectivamente, para estimular o crescimento da economia neste ano.

    O assunto foi debatido no fim de semana pela presidente e membros do governo em preparação à reunião de hoje à tarde a respeito dos cortes do orçamento, que devem ficar entre R$ 60 bilhões e R$ 70 bilhões. Também foi discutido o papel do BNDES, que deve diminuir a partir deste ano com a expansão do financiamento de longo prazo.

    Página A3

    Valor Econômico/AC