Aquisição da BG pela Shell no Brasil foi aprovada sem restrições pelo Cade

  • Português
  • English
  • Postado em 10 de julho, 2015


    shell

    A aquisição das ações no Brasil da companhia britânica BG Group pela anglo-holandesa Shell foi aprovada sem restrições pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O acordo, anunciado em abril deste ano, foi de US$ 70 bilhões pelos ativos. Esta foi a maior fusão no setor em mais de uma década, conferindo à Shell um papel de destaque no pré-sal brasileiro.

    Em relação ao mercado de exploração de petróleo e gás natural, existem aproximadamente 350 blocos em exploração no Brasil, e as empresas envolvidas na transação participam em 17 desses blocos, o que corresponderia a uma participação de aproximadamente 5%. A líder no mercado brasileiro é a Petrobrás, com 86% de participação.

    Segundo o Cade, dada a reduzida participação das requerentes no mercado nacional, aliado à presença dominante da Petrobras nos dois mercados analisados, é razoável supor que a participação da Shell no segmento de exploração não lhe confira, no Brasil, possibilidade de exercício unilateral de poder de mercado.