ANP aprova incorporação de campos da Shell no Parque das Conchas

  • Português
  • English
  • Postado em 22 de dezembro, 2015


    A Shell poderá fazer novas mudanças em seu plano de desenvolvimento para o Parque das Conchas, na Bacia de Campos. Após meses de análise, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) aprovou sexta passada (18/12) a incorporação da área de Nautilus ao campo de Argonauta, situado no bloco BC-10. Com a decisão, a companhia terá 180 dias para apresentar a versão final de seu plano para o desenvolvimento do novo campo, denominado Argonauta.

    A aprovação pela ANP resultará na alteração do limite sul da área produtiva. A agência também aprovou o plano de desenvolvimento do campo, incluindo o início de operação referente à área de Nautilus.

    O requerimento pela união das áreas vinha sendo apresentado pelo órgão desde agosto deste ano. A mudança tem como base o pagamento dos valores de Participações Especiais (PE) da companhia. Repassada à União, a cobrança é feita apenas quando a produção de determinada área ultrapassa a previsão inicial firmada pelo consórcio.

    O Parque das Conchas é hoje o maior ativo produtor da Shell no Brasil, com uma produção aproximada de 50 mil barris de óleo equivalente por dia. A empresa anglo-holandesa opera o bloco com 50% de participação, junto à ONGC (27%) e à Qatar Petroleum (23%).