Acordo de cooperação técnica fortalece setor fotovoltaico do Brasil

  • Português
  • English
  • Postado em 31 de julho, 2015


    fotovoltaica

    A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR) assinaram, nesta semana, um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) que promete alavancar o setor, atraindo mais investimentos estrangeiros para o Brasil. Juntas, as duas instituições vão trabalhar para promover o segmento no Brasil para os principais investidores internacionais, localizados nos Estados Unidos, na Europa e na Ásia.

    A ideia, com o acordo formalizado, é intensificar as ações e juntar dados para gerar informações estratégicas para o setor e para o país. “A parceria é importante porque precisamos do setor privado para desenvolver no Brasil ações e estratégias que o país precisa para se tornar cada vez mais atrativo. O investimento estrangeiro direto é fundamental não só para desenvolver a cadeia de energia solar como para diversificar a matriz energética”, afirma David Barioni Neto, presidente da Apex-Brasil.

    No momento, existem várias empresas estrangeiras interessadas em investir no Brasil sendo atendidas pela Apex-Brasil. Este ano, a maior fábrica de painéis solares da China, a BYD, anunciou, com ajuda da Agência, investimentos de R$ 150 milhões para instalação da primeira planta do tipo, que ficará em São Paulo.



    Rio Negócios Newsletter

    Cadastre-se e receba mensalmente as principais novidades em seu email

    Quero receber o Newsletter